Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miss Nothing

"I am different ... Equal to the rest of the world."

14
Mar16

Disney no Gelo.

As minhas emoções ao rubro: ESTE FIM-DE-SEMANA FORAM DIAS DE DISNEY NO GELO. Chegarei alguma vez a ficar imune a isto? Não, não fui aos três dias, a todas as sessões. Meti o meu entusiasmo no Meo Arena apenas no primeiro dia, a aproveitar que, por ser sexta feira, se apresentava com preços mais baixos que sábado e domingo. Cheguei a estar com receio de não conseguir ir ver esta Disney no Gelo. Os bilhetes só os arranjei a duas semanas do show e foi depois de muito penar em espera das decisões da minha prima que desta vez não me acompanhou com a sua filha e/ou filho. De qualquer forma, já foi, já passou, já vi esta edição Mundos Encantados e adorei.

Fui à loucura no stand do merchandise. Estavam a vender Sininhos e o meu espírito brandiu os céus com uma dança da felicidade. Na edição de 2013 eu comprei uma Ariel. Depois do espectáculo decidi que também iria levar a Sininho comigo e quando a ia buscar já não havia. Na última edição comprei uma Madame Samovar e este ano fui ao rubro ao ver que estavam a vender a Sininho. Levei-a...e depois olhei bem para o resto e percebi que os bonecos do Frozen até estavam bem feitos e a Anna estava fantástica. Depois de muito pensar, depois de muito me queixar, depois de muita indecisão, fui buscá-la, com contributo da Smartie que, acredito, já não me podia ouvir - obrigada! -. Ir a uma Disney no Gelo tem o mesmo efeito que ver-me numa Disney Store: a emoção e o desejo de levar o que quero é o mesmo. Tenho a Sininho agora na minha secretária, ao lado do meu Monstro das Bolachas e sinto-me realizada, por isso acredito que era uma espécie de sonho não reconhecido: ter uma Sininho.

IMG_2072.JPGEsta Disney no Gelo foi dedicada aos Carros, Pequena Sereia, Toy Story e Frozen, com mais destaque a estas duas últimas, apresentado pelas mascotes do costume: Mickey, Minnie e cia. Já tinha visto que o Toy Story a ser apresentado era relacionado com o terceiro filme e eu temi por mim. Dos três, é aquele em que mais me emociono. O problema são aquelas cenas finais em que o Andy dá os brinquedos e o Woody se despede do seu antigo dono. Sei como a Disney no Gelo funciona e perguntei-me se a coisa teria o mesmo efeito em mim que o filme. Há sempre algumas mudanças que fazem na representação em relação aos filmes e eu cheguei a questionar-me se iriam fazer a despedida que me parte o coração. Bem, eu chorei um pouco: isso é capaz de dar a resposta. Fiquei feliz por não terem descurado de personagens como o Hamm, o Slinky e o Rex. E a Barbie com o seu Ken fizeram-me as delícias, ahah.

IMG_2277.JPGA Pequena Sereia não teve tanto destaque como o Toy Story mas as crianças ficam malucas, claro. Esta é uma daquelas histórias que nunca falta e eu já o posso falar por experiência: em todos os espectáculos no gelo que vi, a sereia deu sempre o ar de sua graça.

IMG_2346.JPGQuando soube que iria haver Carros acreditei que ia ver pessoas a representar, tal como fazem com os peixes das histórias. Foi uma surpresa ver que apareceram mesmo carros na pista de gelo. Foi o único acto em que eu apenas tirei fotos. Os carros piscavam os olhos, mexiam a boca e eram a sério. O meu coração ficou a brilhar, juro. Durou ainda menos que a da Pequena Sereia, mas não creio que as pessoas tenham ficado muito importadas com isso. O pavilhão estava cheio de Annas e Elsas em miniatura e após os Carros só faltava um filme. É preciso dizer como a pequenada ficou ao rubro?

IMG_2368.JPGEu fiz a festa quando apareceu a Anna, o resto do pavilhão pirou quando apareceu a Elsa e o Olaf. Ainda que tenham tocado nos pontos principais da história tenho a impressão de que o Toy Story conseguiu ser mais longo. Eu não me queixo: tudo é Disney e eu Disney adoro . Além do mais, não descuraram d' A Porta é o Amor: fizeram a criança daqui feliz. Pôs-se tudo a cantar a música da Elsa mas a verdade é que nada consegue bater um Hakuna Matata.

Andei a cuscar novos espectáculos no gelo e vou ficar à espera de um novo em que incluam Rapunzel. Oh, e se houver Rapunzel e Bela e o Monstro num mesmo é o meu fim! Também gostava de assistir a mais cenas dedicadas às criações DisneyPixar. Felizmente, a fonte da juventude de onde bebo vai-me preservando até a uma altura em que isso, talvez, aconteça.

Tirei muitas fotos mas o meu forte continua a ser o registo em vídeo. De qualquer forma, ainda não desisti! Este ano consegui registos onde não só meia dúzia de fotos ficaram bem, então: um passo de cada vez e isto é capaz de ir longe.

O meu cérebro continua embebido nas cenas de patinagem no gelo e tudo o que faço é tentar não morrer por anticipação pelo excesso de coisas que tenho para fazer e faço-o ao som d' A Porta é o Amor enquanto a Anna e o Hans redopiam na minha cabeça, sem parar, desde sexta. Oh, e por falar em músicas: obrigada pelos compassos de espera dentro do pavilhão preenchidos por músicas da Disney. Quando digo que vibro de emoção não o digo da boca para fora. Eu gosto mesmo, mesmo disto. Ahh!

Mais sobre mim

Mensagens

E-mail