Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miss Nothing

"I am different ... Equal to the rest of the world."

21
Mar16

#FourTris

ALLG_International_Final.jpgHá pouco mais de uma semana fui ao cinema ver o Convergente. Era um daqueles que constava na minha lista de ânsias de 2016; dia treze satisfiz a minha curiosidade, logo depois da Disney no Gelo. As minhas expectações? Enormes. Depois de ter levado com antecedentes para lá de fantásticos eu não esperava algo menos de extraordinário. Fui para a sala de cinema com expectativas do tamanho de um t-rex e saí de lá bem servida.

Escrevendo o que achei uma semana depois, sinto-me capaz de opinar com certezas com que não me via na altura. Quero com isto dizer que percebi que dos três filmes que surgiram sobre a série Divergente este Convergente não foi o que mais me tocou. Dei por mim a envolver-me muito mais na história com dois primeiros do que com este último. Desta vez, não me integrei tanto. A minha opinião não dá para ser baseada em nada além do que vi porque continuo sem ter lido os livros. A Smartie leu-os e por ela sei que este filme não é, de todo, o resultado de uma adaptação fiel, todavia, isso para mim não é um problema: ocupei-me a descobrir manhas, ri-me e saí de lá com a certeza de que não fora tempo mal gasto (como seria isso possível?) e isso é o mais importante.

Ainda que não tenha gostado tanto quanto os outros filmes não consigo apontar pontos negativos para me justificar. A história continua interessante e os personagens espectaculares - aquele Peter, socorro, não consigo não gostar dele (continuo a achar perfeita a escolha do Miles Teller para o papel). O melhor de tudo? A relação dos protagonistas, que me sacia até mais não com a química que, acho, os actores conseguem passar muito bem. Saí do cinema com vontade de começar a ver a série Divergente do início mas ainda não tive tempo para isso. Ainda estou curiosa para ver o que vai surgir no último filme, além do óbvio que toda a gente que leu os livros e aquelas pessoas que levaram com spoilers já sabem. Muito drama está para vir; ainda assim, vou fiar-me na certeza de que vou gostar.

Arranjei a banda sonora no próprio dia em que vi o filme. Do que me apercebi, só uma das músicas é cantada e tudo o resto é instrumental. Sou super fan das bandas sonoras dos outros dois filmes. Tinha esperanças que esta fosse fosse na onda... Fiquei com pena de não ter à descoberta músicas fantásticas. Os pontos extras que eu vou atribuir vão para os posters promocionais, como já anteriormente fiz. É que esses, a sério, estão qualquer coisa!

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

E-mail