Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miss Nothing

"I am different ... Equal to the rest of the world."

20
Abr16

Perigos na estrada.

Dizem que os novatos são um perigo na estrada. Mas o que dizer sobre quem tem mais experiência e parece ter menos consciência do que esses ditos novatos? Hoje, ao ir para casa, encalhei com um velho idiota que me colocou de nervos em franja. Existiam duas faixas e eu coloquei-me na da esquerda por não ir sair logo na primeira saída da rotunda. Logo aqui começa a vergonha. Porque as pessoas têm a mania que são espertas e então o que fazem é manter-se na faixa da direita para quando entrarem na rotunda fazerem a mesma por dentro, invadindo, assim, a faixa de quem, sei lá, entra correctamente na dita cuja e quer fazer as coisas como deve ser.

Não vinha ninguém e eu avancei. Mandei vir baixinho pela confusão que se estava a gerar estupidamente porque as pessoas não sabem fazer as rotundas em condições. Sinalizei o que estava a fazer quando entrei, sinalizei o que queria fazer quando estava para sair. Do meu espelho lateral direito vi um carro e percebi que era mais um artista de circo: estava a fazer a rotunda toda por fora para ir para o mesmo sítio que eu. Estava atrás de mim: eu via o seu carro pelo meu espelho e nenhum sinal dele mesmo ao meu lado. Com o meu pisca a indicar a minha saída da rotunda eu fiz o que tinha a fazer e...voilà: o desgraçado desata a apitar para mim e a barafustar porque me meti à sua frente. DESCULPA?! Quer dizer, eu fiz a rotunda por dentro exactamente porque não ia sair logo na primeira saída, sinalizei tudo o que estava a fazer, não nos coloquei em perigo porque, estando ele atrás de mim, não foi como se eu atirasse o meu carro para cima do dele do nada; e o desgraçado ainda manda vir? Argh. Detesto isto. Foi a primeira vez que fiz um manguito a um outro condutor e fi-lo porque não o consegui mesmo evitar. Uma coisa é quando se tem razão, outra é fazer as coisas mal e estar a mandar vir com quem fez bem. O que eu queria? Ter-lhe atirado o livro do código da estrada à cara porque aquele velho idiota tem certamente algumas regras da estrada para averiguar. Abécula!

Mais sobre mim

foto do autor

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

E-mail