Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miss Nothing

"I am different ... Equal to the rest of the world."

23
Dez17

2017 em meia revista.

As coisas têm demorado muito, muito, muito, (inserir mais uns mil "muitos") muito a sair. O facto de me ter habituado ao meu horário de ajudar pessoas não deixou os meus dias mais organizados. Continuo a sentir que os dias são demasiado curtos para o tudo que quero fazer. Ler livros? Tem sido mentira. Vir para o computador? Tornou-se raro pela escassez de tempo e o problema que tive com a máquina não ajudou nada. Se tenho tempo livre? Tenho, no entanto, quando este aparece, surgem igualmente milhentas coisas para fazer, coisas a que normalmente não me consigo dedicar. Há coisas que ficam para trás, como se vê. Tenho saudades de pegar num livro e de o devorar num instante, tenho saudades de transportar a minha ronha para o pc.

Tenho saboreado a definição de "escolhas" ao pormenor. Deixo coisas de parte e aproveito outras: passeios, ias ao cinema, concertos, viagens...coisas e momentos que não quero deixar de referir para mais tarde recordar e por isso mesmo esta meia revista. Desafiei-me a actualizar o meu 2017 na miss ainda no presente ano. Vai ser difícil (ando sempre com muitas coisas para fazer e o tempo é apertado) mas não é impossível. Bora lá!

A minha quebra para com a miss deu-se em Agosto, um mês que me trouxe uma data de memórias deliciosas. No início do mês aproveitei as minhas folgas e fui a Braga. Lembro-me frequentemente dos dois dias e meio em que lá estive e penso no impacto que a cidade teve em mim. Adorei experienciar o passeio não só com a Smartie como com as minhas irmãs também, adorei os cocktails ao final da tarde, gostei de conhecer mais um ponto do país que cada vez mais me leva a interiorizar as preciosidades que contém. É uma cidade extremamente povoada por turistas, coisa que me espantou por acaso. Infelizmente, o excesso de turistas atrai pessoal disposto a cobrar algo às pessoas: Braga está cheio de pranchetas destinadas a peditórios. A cidade não superou outras cidades que já tive a possibilidade de visitar, mas deixou-me com boas recordações e sempre que penso na viagem apetece-me fazer outra pelo país. O melhor de Braga para mim? Deixo em registo fotográfico. Primeira página de 2017 em meia revista? Check.

 

IMG_2760.jpg

 

Braga )

 

14
Nov17

Novas aventuras.

Experienciar coisas novas é um dos meus nomes do meio este ano. O início de 2017 ofereceu-me a oportunidade de viver a cidade de Amesterdão. O que me deu o último trimestre deste ano? O meu aniversário. As minhas prendas foram mimosas e tão grandiosas ao meu coração que senti ter ganho tudo. Entre Disney - yey! - e muitos tantos mimos - muito mais disney (yeyyy!) - surgiu o brinde de uma nova viagem. Este post surge dentro do aeroporto, a voz mecânica anuncia voos e as pessoas reclamam por as bagagens irem para o porão. Os balões estão a erguer a minha casa e assim se inica mais uma aventura. Marselha: aqui vou eu!

05
Set17

A minha ausência tem nome.

Sinto que cada vez que apareço na miss acabo a arrancar das paredes os cartazes que dizem "PROCURA-SE". Eu tenho o que dizer sobre isto. Primeiro: porque não se estende o tempo? São muitas coisas a fazer em pouco tempo: é o que me parece. Tento ter mãos para tudo mas não ainda não o consigo, é um facto. Segundo: Algarve. As minhas folgas têm sido tão bem aproveitadas que nesta última semana usufrui delas em terras Algarvias. Foram três dias mesmo bons. O Sol esteve sempre abrasador, mas a água um sonho. É tão engraçado... quanto menos tempo temos para usufruir das coisas, mais valor damos ao que experienciamos. A palavra do dia em todo o tempo que estive no Algarve? Magia.

IMG_20170904_195335_591.jpg

11
Ago17

Uma semana depois...

Eu não desapareci do mapa! Quer dizer: voltei há quase uma semana e estive até então sem dizer nada: tecnicamente desapareci, mas não deixei de estar por perto - não tanto quanto é normal, verdade -.O que se passou? Bem, voltei de Braga sábado e até então o meu pc esteve subterrado por roupas. O acesso foi impossível. Num dia decidia retirar o pc dos escombros, noutro momento desistia para ver programas de culinária ou já tinha outras coisas para fazer. Mas eu estou aqui. Voltei de Braga cheia de recordações e com um gosto especial por Mojitos de Morango. Quero tanto voltar a viajar...

IMG_20170807_193853_156.jpg

03
Ago17

Espera por mim, Braga.

No ano passado fartei-me de passear. Em praticamente todos os meses cheguei a ir a algum sítio e criar memórias ao (re)visitar diferentes lugares foi coisa que não faltou. 2016 habituou-me mal. Há volta de dois meses apercebi-me quão desesperada estava por colocar os pés num lugar novo, lavar as vistas e o espírito. Decidi que seria maravilhoso ir de comboio porque não é algo que eu faça: afinal, carro é tão prático. Mas...visitar sítios novos + tirar fotografias + ir de comboio + aproveitar dois dias e meio em Braga pareceu-me a coisa mais fantástica de sempre. Vou então tirar micro férias de casa. Vou arejar a cabeça e aproveitar a minha quinta e a minha sexta com algo que eu adoro: click, click, click. Fogo, fogo, fogooooo! Como eu sentia falta de ir a algum lugar. 

Mais sobre mim

Mensagens

E-mail