Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miss Nothing

"I am different ... Equal to the rest of the world."

31
Mar15

Vício em comum.

M: O que estás a ouvir, Jó? - A gémea em questão, desconectou os auscultadores do computador e deixou soar em alto som a música que ouvia.

 

- And we fall from faith but we rise and rise again -

 

M: Ok. Ana, o que estás a ouvir? - Esbocei um sorrisinho estúpido porque não estava longe do que a gémea ao meu lado estava a ouvir. Usei os dedos para marcar a página do livro que lia e aumentei o som do computador para ela ouvir.

 

- Into the sunrise, falling away now, falling away and we feel it all -

 

M: Ok. Fixe. E a mim? Não perguntam o que estou a ouvir?

Bê: O que estás a ouvir, Fifi? - Com um sorriso parecido ao meu - imagino -, foi a sua vez de tirar os phones do portátil e de deixar soar a música antiga.

 

- I'm fighting all this power, coming in my way. Let it send me straight to you, I'll be running night and day. -

 

Eu chamo a isto gosto. E sintonia. Uma que dura há anos.

29
Mar15

Pontos fracos.

20150327_173541.jpg

A minha irmã queria mostrar-me um casaco qualquer na New Yorker e eu fui atrás com a ideia de ver uma camisa,  com pouco pano nas mangas, que já me tinham falado. Mas...nada me preparou para a linha de t-shirts com que os meus olhos logo se depararam. Mas o que é isto? Como se atrevem a vender uma t-shirt com a cara das princesas, sem se terem esquecido da Bella! Como é suposto eu aguentar? E digo mais: este foi o golpe após o golpe porque, antes de ver a t-shirt aí em cima, choquei com uma t-shirt só com a Cinderella, outra apenas com a Branca de Neve e outra só com a Ariel. Eu não percebo esta onda de princesas por todo o lado - exepto na Primark que já é normal - mas adoro. A t-shirt daí de cima estava um pedacinho de nada para o caro e como calculo que em época de saldos a t-shirt já não deverá existir - como aquela camisola maravilhosa do Homer Simpson com donuts que eu tanto queria -, pronto, fiquei com foto como recordação do que perdi. Mas...falando novamente da Primark: toda a gente sabe que tem preços muito mais em conta e por isso muito obrigada por mais esta maravilha que me fez guinchar em plena loja. Yuuuupppiiii.

20150328_151220.jpgDeixei para trás uma t-shirt da Sininho mas voltei para casa com Alice. Ahh, e...sem querer ser mal agradecida, desejando de uma maneira que já sei que me vai arruinar, bem que a Primark podia explorar horizontes e...e que tal vender roupa que faz menção à Bela e o Monstro? Porqu eu sei que há. Bonito-bonito era fazê-la chegar a Portugal. A mim, isto soa lindamente.

27
Mar15

F-I-N-A-L-M-E-N-T-E-!

image.jpg

 

 

 

Eu penei anos, repito: anos, por este livro e ele finalmente está nas minhas mãos! É tão inacreditável que ainda estou parva. Mesmo já andado por aí em inglês, e eu já soubesse de algumas coisas porque pedinchei spoilers, sinto como se me fosse encontrar com o Gideon e a Eva às cegas e, socorro, sabe tão bem! Finalmente, o Atraída está nas minhas mãos! E, felizmente, ainda que se tenham passado anos, o caso não é assim tão desesperante ao ponto de eu ter de ir pegar nos livros anterior para me pôr ao corrente, como quase senti necessidade de fazer com o fim da história do Patch e da Nora. Vale a pena dizer qual é a minha leitura de momento? Também acho que não.

24
Mar15

Zoom#117

Fogo!

Mas ainda no outro dia estreou o Insurgente!

Depois de amanhã fará uma semana que fui ver o Insurgente!

Não aguento estas passagens repentinas do tempo.

E daqui a umas horas já é quarta?

Quem é que vai rever os preliminares da Tris e do Four amanhã?

Sim, sim, sim!

22
Mar15

100 Years of Magic.

Ontem enchi o coração com Disney. Eu sei, não é um programa que foge ao habitual. Contudo, quando esse programa se dá numa pista de patinagem sim. Foi a primeira vez que meti os pés no Meo Arena este ano - e acredito mesmo que será a única também, bahhh -, e foi logo por causa de um dos meus pontos fracos. Não é a primeira vez que vou a uma coisa destas, mas...já 'toda a gente' o deve saber. A última vez tinha sido em 2013 e fiquei com boas memórias desse dia porque qualquer coisa que esteja relacionada com Disney dificilmente me desilude - Disney a sério, não vamos falar de criações com Disney Chanel à mistura -.

Fiquei muito contente quando soube que este ano ia haver Disney no gelo - tipo, até guinchei -, mas fiquei ainda mais contente quando após comprar o meu bilhete descobri que iam estar presentes mais princesas do que eu esperava. Não preciso de dizer como foi mágico porque quando se fala de Disney, personagens características da marca e patinagem no gelo, não se pode esperar outra coisa. Foi óptimo ter ido e valeu a pena não só por ser um ponto fraco mas por ser um ponto fraco constituído por vários pontos fracos! Saí de lá com brinde, também. Por entre várias coisas que eram um balurdiozinho, fui para casa com:

POMELO_20150321214429_fast.jpg

Não resisti, quando a Bella que estavam a vender era a coisa mais esquisita de sempre. Pensei em levar um programa como a Smartie - porque vinha com uma rosa, confesso -, ou comprar um Woody - porque os 100 Anos de Magia também presentearam as pessoas com Pixar e foi tão fixe! As I said: pontos fracos -, mas além de ser um pedacinho mais caro que a Madame Samovar eu já sei o que a casa gasta e, para não me arrepender 10 anos (horas/minutos (?)) depois - pois, também acho que não iria acontecer -, vim com o meu bule de chá preferido para casa e estou contente e a minha secretária também.

Gostei muito mais destes 100 Anos de Magia do que do Passaporte para a Aventura de 2013, por acaso. Não só pela companhia, que era óptima, a sério - ir com uma criança pequena a estas coisas é tão bonito! -, mas, acredito, pelo facto de ter mencionado filmes que me são tanto. A Smartie não me deixa mentir uma vez que se não estava a fotografar, ou a aproveitar o show, estava a rir-se de mim e do meu estado. Ver o pedacinho dedicado à história da Bela e o Monstro trouxe-me boas recordações. E quando começaram a passar músicas da Bela e o Monstro fiquei parvinha. Arrefeci para a Cinderella e para com a Ariel mas voltei a ficar estúpida quando apareceu a Pocahontas e o John Smith. Tipo, eu repito: a POCAHONTAS E O JOHN SMITH. Esses apanharam-me mesmo de surpresa e fiquei tão contente que nem sei. Enfim, eu fui feita para estas coisas.

Ao longo do dia de hoje estive a colocar pedacinhos de vídeos que fiz ontem no instagram e se a vossa curiosidade for muita-muita - e eu sei que é porque há sempre aquele bichinho que nunca descola porque crescemos com isso -, podem dar uma vista de olhos: À Procura de Nemo [x], Bela e o Monstro [x] [x] [x], Pequena Sereia [x], Pocahontas [x], Rei Leão [x]. Além desses, ainda tenho comigo vídeos da Cinderella, Aladdin+Jasmine, Toy Story, The incredibles, Pinóquio e Mulan.

Para se aproveitar mais um pedacinho, deixo a minha última filmagem. Atrás de mim estava um miúdo que sabia as histórias e as músicas todas e é ele quem se ouve a cantar no vídeo. Nestas coisas é impossível sentir-me sozinha. Estou pronta para mais e quero ir a mais. Com a filha da minha prima, então, seria mesmo perfeitinho. Agora que está moldada, é feita da mesma farinha que eu. Adoro.

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Mensagens

E-mail