Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Miss Nothing

"I am different ... Equal to the rest of the world."

13
Mai15

"Tell me something I can hold onto forever and never let go." || "Let go."

adaline.jpgA idade de Adaline foi a minha última vítima destes três dias em que os bilhetes de cinema estiveram a 2,50€. Estava curiosa pela temática, mas o facto de ter a Blake Lively e uma música da Lana Del Rey entrar (supostamente) na banda sonora ajudou mil - o facto dos bilhetes estarem baratos também, confesso; caso contrário esperaria até poder ver em casa -. Quando fui averiguar as horas das sessões reavivei a minha memória de que se tratava de um drama romântico. Eu achei-o mais romance do que drama, mas claro que o facto de se tratar de uma mulher que não envelhece e que viveu até então a tocar de identidade para se esconder, uma mulher que não envelhece apaixonar-se e ter de optar entre ficar com quem gosta ou deixá-lo graças o seu segredo, tem o seu quê de dramático. A Blake esteve lindamente e acho que foi muito bem escolhida para o papel. A história de amor em si foi bonita, ainda que tenha achado essa paragem do tempo nela um bocado fantasiosa mas nada não suportável. Para mim houve muitos pontos previsíveis, principalmente após o intervalo, salientando mil o final da película. Contudo, o filme não ficou a perder com isso. A magia manteve-se. Foi dinheiro bem gasto. Asseguro-vos. Recomendo. Mesmo que não seja visto no cinema, dêem uma vista de olhos. Acho que não é bem o tipo de filme que os outros moradores da minha casa costumam ver, mas quero impingir a idade de Adaline a mais pessoas. Vejam!

Mais sobre mim

Mensagens

E-mail