Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miss Nothing

"I am different ... Equal to the rest of the world."

09
Jun15

Segunda ida à 85ª edição da Feira do Livro de Lisboa

Segunda ida e acredito que última.

Ainda planeava ir mais uma vez buscar mais dois livros, mas vou deixar passar. São livros que já li e que os ia adquirir por ter gostado e pela ideia de os reler, então, em PT-PT. Contudo, não é nada que não possa ser feito daqui a algum tempo. Foi uma questão de bom senso: os livros não vão fugir. Entre adquirir dois livros a ir ao cinema, comprar um livro no final do mês, comprar uma prenda e ainda completar os custos das prendas de aniversário das minhas irmãs, eu definitivamente prefiro deixar passar a oportunidade de comprar mais livros na feira este ano. Assim, ainda que acredite que lá voltarei, a minha carteira fechou as portas para a 85ª edição da Feira do livro.

Apesar de saber que é meio inútil eu ainda insisto em fazer uma lista de livros a adquirir. Estúpido porque eu sei, à partida, que não vou respeitar o que eu mesma defini. Este ano as minhas prioridades máximas eram A Guerra dos Tronos e O Hobbit. O problema está no resto porque as coisas vão variando consoante os preços e as respectivas promoções. Eis o que me aconteceu:

20150609_144855.jpg Alguém tem ideia, sequer, da wishlist que eu tinha partilhado? O que não faltava lá eram livros da Sylvia Day. Pois bem: não comprei nem um, mas não consigo desanimar quando penso que para o ano poderei consegui-los mais baratos. Substituí a necessidade de Sylvia Day por Jill Mansell e Samantha Young o que não foi mau, mesmo. No fundo, não comprei nada que não planeasse comprar a seu tempo. A feira do livro só permitiu que as compras de tais livros se dessem mais cedo. Quer dizer, I'm lying: Esse livro do George R. R. Martin não estava definitivamente na lista mas quando a Smartie me chamou à atenção para o livrito, que apenas diz respeito à rapariga dos dragões d' A Guerra dos Tronos, comecei a rachar e desabei quando apanhei as suas partes com o marido, as mesmas que tinha andado a ver na primeira temporada da série. Há pouco estive a desfolhar e percebi que o livro é composto apenas pelo seu passado e a sua história com o Drogo, igualmente presente nos primeiros dois volumes d' As Crônicas de Gelo e Fogo. Percebi, então, que se continuar a ler esta mesma saga, irei ler coisas repetidas, mas não dou por mim minimamente importada com isso. Parece-me perfeito, por acaso - dentro dos limites, claro, uma vez que [SPOILER ON] é uma história que não termina bem [SPOILER OFF] -.

Estava de olho no não te conto o meu segredo desde que o bicho foi posto à venda. O facto de a sua apresentação ser apelativa, com a própria capa a fazer de mala, já era motivo suficiente para eu lhe querer dar uma oportunidade. Estive muito tempo à espera da oportunidade de o adquirir a metade do preço e, pimbas, foi este ano.

Eis o balanço deste ano: dos must have obrigatórios cumpri os dois; aproveitei A Guerra dos Tronos e o Hobbit, como pretendia, nas melhores condições possíveis: um de oferta, outro a metade do preço. Tanto o livro dedicado à rapariga dos Dragões do George R. R. Martin como o da Jill Mansell são livros em segunda mão, por isso não estavam caros. O Não te conto o meu segredo foi adquirido a metade do preço e tanto um desses da Nora Roberts como o Êxtase de Gabriel e o da Danielle Steel foram livros de oferta também. Em suma: a feira do livro proporcionou-me dez livros e os custos ficaram à volta dos 55€. Um pouco mais do que o ano passado mas, ainda assim, um óptimo balanço tendo em conta que se os tivesse comprado nos postos de venda habituais os custos seriam à volta de 163€. Isto é que foi poupança, ou quê? Uhuhhh!

11 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Mensagens

E-mail